500 Milhas Brasil

February 5, 2016

 

 

Nascida no ano de 1970, ou seja, há exatos 46 anos, desde então a 500 Milhas tem sido considerada como a grande vedete entre as corridas motociclísticas do país, criada pelos amigos, Eloy Gogliano e José Roberto Beilstrein desde 2014 a prova tem como organizador o empresário Terlange Souza.

 

Nesta 19ª edição que aconteceu neste domingo no autódromo internacional José Carlos Pace ou simplesmente Interlagos na capital paulista, pode ser considerada como uma das mais eletrizantes dos últimos anos.

A grande disputa começou logo na largada quando Eric Granado da equipe GST Honda Mobil fez a melhor largada no estilo Le Mans para liderar as primeiras oito voltas, infelizmente para ele e seu companheiro de equipe o espanhol, Xavi Cardelus Garcia, a prova teve um sabor amargo, com quatro paradas a mais devido ao desgaste prematuro no pneu traseiro e um problema de travamento da pastilha ao pistonete da pinça de freio, só restaram a dupla realizar um trabalho de recuperação para no final da prova finalizar na oitava colocação no geral, uma vitória dada as circunstâncias, na categoria Super Sport Eric e Xavi ficaram na terceira colocação, logo atrás do seu tutor Santo Feltrin e seus companheiros, Sérgio Laurentys, Sérgio Fasci e Marcio Bortolini da equipe GST Honda Mobil, na primeira colocação o trio da equipe HND  PRT foi a vencedora com o italiano Sebastiano Zerbo, Rafael Nunes e Marcus Vinicius.

Este desafio da equipe GST Honda Mobil foi apenas um dos ingredientes que fizeram as 500 Milhas 2016, como disse anteriormente, Eric Granado com a sua Honda CBR 600RR começou liderando entre as motocicletas de 1000 cc e até uma Ducati MultiStrada 1200 da equipe DOCC Corse, mas com a saída de Eric para troca inesperada do seu pneu a disputa se acirrou entre duas equipes, a Yamaha Motors Company com os pilotos Leandro Mello, Alan Douglas e com o argentino Diego Pierluigi; a outra equipe a lutar pela liderança foi a HND Racing /PRT com o italiano Sebastiano Zerbo e os brasileiros Rafael Nunes e Marcus Vinicius, estas duas equipes disputaram durante cinco horas e cinquenta minutos de muita ação, muitas trocas de pneus, pastilhas, abastecimentos e pilotos, cada equipe com a sua estratégia e disposta a superar todas as dificuldades de um dia inteiro na pista. Assim se prolongou durante toda a prova, no final a bandeira da vitória ficou com o argentino Diego Pierluigi da equipe Yamaha Motors Company, com isto o piloto Alan Douglas se sagrou tetra campeão das 500 Milhas, um grande feito para este atleta. Na segunda colocação na geral e em primeiro na categoria Super Sport chegou Sebastiano Zerbo com apenas 2.144 segundos atrás, a equipe terceira colocada no geral e segunda na SBK foi a Tecfil Racing Team com os pilotos, Danilo Lewis, Matheus Oliveira, Cesar Barros e Helison Chin e em quarto lugar a Playstation / PRT com os pilotos Roque Eduardo, Nivaldinho Lopes e Fernando Aurora.

 

Pela manhã a prova que abriu o evento foi a 100 Milhas com trinta e oito voltas, nela estavam as categorias, 250 cc, 300cc, 500 cc e a R3. No geral a vitória ficou com a equipe Carletti Michelin que venceu com uma 300 cc, a equipe foi formada pela piloto Indy Munoz da Republica Dominicana e do brasileiro Derick Filippini, na categoria 250 cc foi vencida pelo team Tayo Sushi Bar, na 500 a vitória ficou com  a MR Racing Team e na R3 o campeão foi Meikon Kawakami da equipe Yamaha / PRT, o seu irmão e companheiro de equipe, Ton Kawakami não completou a prova por ter tido uma pane em sua motocicleta.

 

Fotos: Luciano Sampaio e Fabrise Natali / Sampafotos

 

 

 

Please reload

© 2016 Photo and Road - ALL RIGHTS RESERVED

GET MORE FROM THE TEAM:

  • Instagram Clean
  • Facebook Clean
  • Twitter Clean